Voltímetro e amperímetro YB27-VA, o fim do mistério

Voltímetro e amperímetro YB27-VA, o fim do mistério

No post anterior, intitulado “Voltímetro e amperímetro YB27-VA, o segredo”, eu levantei a hipótese de que a corrente indicada no display não dependeria apenas do valor do shunt utilizado, mas também da programação do microprocessador.

Naquele momento deixei a comprovação (prática) da minha hipótese (teórica) a depender da chegada do novo display que havia comprado desta vez especificando-o para 10 ampères e não para 50 ampères que eu estava usando.

Pois bem, depois de mais de quinze dias a tartaruga do nosso “mui deficiente e caro correio!” chegou com minha encomenda.

Na fig.1 você poderá observar a presença do shunt do lado direito já instalado na PCI.

yb 27 POR BAIXO-min

E finalmente para a prova definitiva temos a fig.2 mostrando que as leituras apresentadas no display coincidem com aquelas que aparecem nos instrumentos externos.Corrente e tensão-min

E assim o ‘mistério” foi resolvido e provou, mais uma vez, que “nada é mais prático que uma boa teoria” como disse Maxwell.

Antes de encerrar, porém vale a pena fazer algumas considerações que podem ser úteis para quem se dispõe a usar o YB-27VA em seus projetos.

Embora o microprocessador usado em todos eles seja o mesmo existem variações nos conectores dependendo do fabricante.

Temos dois conectores, sendo um de dois pinos e outro de três pinos, mas parece que eles têm funções diferentes dependendo do fabricante.

No display que eu comprei para 10A o conector de dois fios (vermelho e preto) veio com fios bem mais grossos que o conector de três pinos (vermelho, preto e amarelo).

Não parecia fazer sentido que os fios para alimentação do display fossem mais grossos que os outros.

Se olharmos o esquema apresentado no post anterior que eu repito aqui na fig.3 veremos que existe uma conexão de dois pinos para alimentação e outra de três pinos com grounds separados, mas que podem ser ligados juntos e o fio amarelo é usado para monitorar a corrente.

Fig.3- Conectores do YB27 VA

Fig.3- Conectores do YB27 VA

Entretanto no display que eu comprei para 10A a configuração é a que vemos na fig.4.

Note que o conector de dois pinos é que será usado para monitorar a corrente, por isso os fios são mais grossos.

A alimentação do display passa a ser feita pelo fios preto e vermelho do conector de três pinos, enquanto o fio amarelo será usado para a monitoração de tensão de saída da fonte.

No meu caso eu precisei fazer uma fonte separada para alimentar o display já a fonte que estava reparando tinha saída variável de 1 a 20V aproximadamente.

Fiz uma sub fonte de 12V para alimentar o display e ventoinha de refrigeração.

Aproveitei o furo da chave tensão/corrente que não teria mais utilidade para colocar um suporte de fusível que, acredite, não tinha na versão original.

O circuito final ficou do jeito mostrado na fig.5.

Fig. 5 - Circuito final da fonte reconstruída

Fig. 5 – Circuito final da fonte reconstruída

E assim terminou o mistério, pelo menos por enquanto.

O que me apaixona na eletrônica é que nem sempre temos a fórmula pronta e vez por outro temos que colocar a massa cinzenta para funcionar.

 

Voltímetro e amperímetro YB27-VA, o fim do mistério
5 (100%) 1 vote

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Conheça todos os e-books de

Paulo Brites

Paulo Brites

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Website:

    4 Comentários

    1. Boa noite Paulo Brites. Excelente seu trabalho, parabéns.
      Possuo vários instrumentos deste tipo em várias aplicações, desde fonte de bancada até um pequeno sistema de energia solar, porém recentemente fiquei um tanto decepcionado com este instrumento, pois montei um carregador de baterias de chumbo ácido e havia instalado um simples voltímetro deste. Posteriormente resolvi substituir o voltímetro por um voltímetro/amperímetro, pois desta forma poderia monitorar também a corrente de carga sobre a bateria. Decepção, o regulador de tensão de seu circuito, que é de 3 volts se danificou, fazendo o instrumento parar de funcionar, isto porque no caso do carregador é feita uma retificação com ponte retificadora e sem capacitor de filtro. ocorre porem que a oscilação de tensão gerada neste caso, acabou por danificar o instrumento.
      Terei de montar de outra forma para evitar a queima, talvez com fonte de alimentação de 5 volts independente, mas antes terei de tentar reparar o instrumento, isto se for possível. Caso tenha sido somente o regulador de 3V3 e o resistor de 0R na entrada, que esta aberto. Fiz um teste ligando 3V3 diretamente ao controlador e funcionou normalmente.
      Abraço.

      • Paulo Brites

        Acho que vai conseguir uma vez que funcionou Talvez possa até usar um zener para os 3v3.
        Você tem que usar uma fonte independente Ele não pode ser alimentado via a própria tensão que vai medir Talvez até uma bateria de 9V uma vez que o consumo é pequeno Coloca uma chave push bottom para acionar quando for medir.

    2. Eu tinha uma duvida quanto a conexão de um voltímetro parecido com esse dai na minha fonte de bancada, vendo este post, consegui conectar ela corretamente. Obrigado Paulo Brites por compartilhar com a gente o seu conhecimento.

      • Paulo Brites

        Que bom Dilnei, que pude ajudar Esses instrumentos não tem muita informação e quando têm está tudo em chinês. Passei pelo problema e resolvi que valeria a pena compartilhar.

    Fico muito contente quando alguém coloca um comentário, é sinal que leu

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.