Estação de retrabalho Solden SE850

Em 8 de abril de 1999, exatamente há 20 anos, eu participei em São Paulo do primeiro curso de telefone celular promovido pela LG.

A intenção da LG era definir quais as empresas seriam autorizadas na manutenção dos celulares que estavam acabando de chegar ao Brasil.

Minha empresa na época, Áudio & Vídeo Brites, não ganhou.

Que bom! Mais uma vez eu dei sorte ao perder uma “oportunidade”.

Logo eu descobri em que encrenca eu iria me meter, mas isso é outra história.

O que você deve estar querendo saber é o que a Estação de retrabalho Solden SE850 tem a ver com isso e eu já irei explicar.

Fig.1 – Soprador térmico Steinel HL-500

Sabe como a “gigante” de tecnologia LG retrabalhava componentes SMD há 20 anos atrás?

Com soprador térmico, acredite!

Eu e vários participantes do curso saímos do treinamento correndo para a Santa Efigênia para comprar o “poderoso” Steinel HL 500 e o bico redutor que os instrutores da LG recomendaram.

Fig. 2 – SEGA Saturn

Que maravilha, agora eu poderia retrabalhar SMDs. Até a TecToy, de quem minha empresa era autorizada, o recomendava.

Consertei muitos Sega Saturn graças ao que aprendi no curso de celular da LG.

São os velhos ditados do “atirar no que viu e acertar no que não viu” e “há males que vêm para o bem”.

Ganhei duas vezes, não fui autorizado a “consertar” celulares LG, mas aproveitei o aprendizado para consertar Saturn da TecToy e outras bugigangas.

Fiquei tão empolgado na época e logo me tornei-me revendedor da Steinel aqui no Rio, dei muitos treinamentos sobre retrabalho de SMDs e por aí vai.

Essa é a mágica da vida “saber transformar limão em limada” ou como dizia Steve Jobs, “ligar os pontos”.

Hoje o HL 500 está aposentado por aqui, mas, às vezes, eu uso para “encolher” espaguete térmico, por exemplo.

Em 2005 encerrei as atividades da Áudio & Vídeo Brites, fiz concurso público e fui parar na Fundação CECIERJ como o primeiro técnico eletrônico da instituição.

Em terra de cegos quem tem um olho é rei (não seria caolho?).

Não tinha nada lá. Levei alguns instrumentos meus e pouco a pouco fui construindo o laboratório.

De repente um professor de lá resolveu me “patrocinar” com uma verba em troca de eu lhe ajudar nos seus projetos educacionais.

Topei na hora e com a graninha comprei, entre outras coisas, uma estação de retrabalho similar a Solden SE850, pois esta ainda não existia.

Em 2015 me aposentaram e fiquei chupando o dedo sem a estação que hoje, provavelmente, deve estar abandonada em algum depósito porque lá só ficaram os “cegos”.

Como já não estava mais interessado em reparar encrencas resolvi não colocar a compra de uma estação de retrabalho entre meus “sonhos de consumo”.

O tempo passa e você percebe que, queira ou não, precisa de uma estação de retrabalho nem que seja para ajudar os amigos, de vez em quando, e que “moram do lado esquerdo do peito” como diz a canção de Milton Nascimento.

E aí a Estação de retrabalho Solden SE850 entrou na minha vida, 20 anos depois do soprador térmico HL-500.

Fig. 3 – Estação de retrabalho SOLDEN SE850

Este é o modelo tipo “baixa renda”, ou seja, analógica e, portanto, sem mostrador digital para indicar temperatura.

No meu caso atende, porque uso pouco, mas se você tiver uns trocadinhos sobrando eu sugiro que dê preferência a SE960D que tem mostrador digital.

E agora que terminei mais este capítulo da novela “Esta é a minha vida”, ou quem sabe do meu futuro livro “Minhas vagas lembranças” vamos examinar alguns pontos importantes da Estação de retrabalho Solden SE850 “substituta’ do soprador HL-500.

Comprar aqui ou na China?

Antes, porém que alguém pergunte se não seria melhor comprar direto na China que saíra mais barato, eu diria que não.

E aí o estraga prazeres vai argumentar, mas essa SE850 também não é made in China?

Sim pode ser, já que tudo hoje é chinês, assim como o pastel de “flango”, mas comprando no Brasil pela Solden, você tem certificação do INMETRO, garantia, peças de reposição e acessórios.

Já ouviu o ditado “o barato sai caro”?

Você decide.

Contatos imediatos com a SE850

A primeira coisa que eu fiz antes de ligar a estação na tomada e quebrar tudo, foi ler o manual, coisa que nós brasileiros não somos muito chegados.

Espero que você faça o mesmo, sempre, com todos os seus equipamentos.

Aqui vai um recadinho para o pessoal da Solden.

Um ponto importante e que, a meu ver, foi pouco enfatizado é que antes de colocar a estação em operação devemos retirar os dois parafusos com lacre vermelho que estão na base junto de uma etiqueta em inglês!

Fig.4 – Parafusos de transporte na Estação de Retrabalho SOLDEN SE850

Só para lembrar que estamos no Brasil e aqui “ainda” se fala português!

Há uma etiqueta escrita em português na parte de cima, mas com letras muito miudinhas (parece até contrato de operadora de celular) e, como eu disse, brasileiro não é muito chegado a ler avisos ainda mais com letrinha corpo 6!

A finalidade destes parafusos é evitar danos à bomba durante o transporte.

Não custa lembrar também que nunca devemos desligar a estação retirando o cabo de força da tomada.

A forma correta de desligar é sempre pela chave power. Você notará que ela continuará emitindo um fluxo de ar frio por alguns minutos para resfriar a resistência.

E agora eu convido você a assistir o vídeo abaixo que fica mais fácil.

Estação de retrabalho Solden SE850
5 (100%) 2 votes

Paulo Brites

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Website:

2 Comentários

  1. edfranco

    Verdadeira lição de vida profissional, parabéns.Muito bom texto.

    • Paulo Brites

      Muito obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.