Divisor de tensão resistivo: um desafio

Divisor de tensão resistivo: um desafio

Se você é um profissional ou mesmo um estudante iniciante de eleticidade ou eletrônica deve estar se perguntando o que pode haver de desafiador em um simples divisor de tensão resistivo.

Então continue lendo e verá.

Um pouco de teoria não faz mal a ninguém

Medindo tensão num divisor resistivo

Medindo tensão num divisor resistivo

Para simplificar nossas contas vamos imaginar que o nosso divisor seja composto de dois resistores exatamente iguais, ou seja, com a mesma resistência ôhmica.

Se você aplicar uma tensão V aos dois resistores, qual será a tensão medida em cada resistor?
Você deve ter respondido V divido por 2, óbvio.

Na teoria está perfeito. Agora vamos ver na prática, observe a figura 1.

Tensão com resistores de 10M 2

Fig. 1 – Resistores de 10M

Nela observamos que a tensão aplicada foi de 15,32V logo considerando que os dois resistores são de 10MΩ a tensão medida no centro deveria ser 15,32 divido por 2 que dá 7,66V, mas o voltímetro digital mostra apenas 5,303V.

Será que na prática a teoria é outra?

Tem gente que pensa isto e você?.

Vamos para a figura 2 onde os resistores foram trocados por 100kΩ cada um.

Fig.2 -Resistores de 100k em série

Fig.2 -Resistores de 100k em série

Chi! Agora deu certo.

Onde está o erro, você saberia responder?

Um fato parecido aconteceu comigo hoje, mas como eu acredito na teoria acabei descobrindo onde eu estava errando.

Vou deixar você pensando um pouco e aguardo os seus comentários.

Medida é um assunto complicado e fiz este post para a sua tensão sobre o assunto.

“Parafraseando aquele ditado “dize-me com quem andas e eu te direi quem és” eu escreveria “dize-me como medes e eu te direi que técnico você é”.
Até sempre

 

Divisor de tensão resistivo: um desafio
AVALIE ESTE POST

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Conheça todos os e-books de

Paulo Brites

Paulo Brites

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Website:

    4 Comentários

    1. Donisete

      que site bom cara o senhor esclarece mesmo o assunto gostei !!!

      • paulobrites

        Muito obrigado pelo retorne Donisete
        Ajude a divulgar.
        Abraços
        Paulo Brites

    2. Ricardo

      A culpa, é da resistência (impedância) interna do multímetro!!! Abraço Prof.

      • paulobrites

        É isso aí Ricardo, parabéns! Medir tem as suas manhas.

    Fico muito contente quando alguém coloca um comentário, é sinal que leu

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.