A ponta lógica é um instrumento de fundamental importância para o técnico reparador verificar circuitos digitais e eu havia prometido que iria a apresentar aqui no site a construção desta “ferramenta”. Pois bem, chegou a hora! Há uma tendência de quase todo técnico ficar preso única e...
O post “Flip flops: Teoria e Prática” foi publicado por mim em junho de 1980, portanto há 34 anos, na Revista Antenna. Tem tudo a ver com a série sobre eletrônica digital que venho apresentando aqui no site.
O problema de não encontrarmos o esquema do aparelho que estamos querendo consertar é uma reclamação que vem de longe. Com a evolução da Internet uma parte deste problema de não encontrarmos o esquema foi sendo superada graças às buscas através do Google, da disponibilidade nos fóruns especializados ou pela “troca de figurinhas” com os colegas de profissão. Diz o ditado...
O Baú do Brites Estou “inaugurando” dentro do meu site uma nova página de artigos sobre eletrônica que resolvi chamar de “Baú do Brites” e já já explico o porquê deste título. Meu debut no “mundo editorial eletrônico” ocorreu em maio de 1979 com meu primeiro artigo (a gente nunca esquece!) na “saudosa” Revista Antenna.
Parte X - Amplificador operacional e conversão A/D Para dar continuidade ao nosso estudo básico sobre a eletrônica digital que venho fazendo semanalmente ao longo desta série de posts preciso tratar um pouco do amplificador operacional que, embora esteja no âmbito da eletrônica linear, tem aplicações no processo de conversão de um sinal analógico para digital. Não será um...
Parte II – Transistores: bipolares e fets Antes de tratar dos parâmetros dos transistores, bipolares e fets, utilizados em fontes chaveadas, saída horizontal e inverters vou complementar algumas informações sobre diodos “especiais” que não foram abordadas na parte I. Basicamente temos quatro tipos de diodos utilizados nestes circuitos, a saber, retificadores (“comuns”), fast (rápidos), ultra fast (ultra rápidos) e
Parte IX – Digitalizando sinais analógicos Um dos objetivos da Eletrônica Digital é poder transformar sinais analógicos que são “sinais verdadeiros” em sinais digitais, ou seja, digitalizar os sinais analógicos. Tecnicamente isto costuma ser chamado de Conversação Analógica/Digital e representado pela sigla ADC (Analog to Digital Converter). Neste post tratarei de informações básicas que são úteis ao técnico reparador e para isto...
Como comprar o livro  Ganhe Dinheiro Consertando Fornos de Micro-ondas Ganhe Dinheiro Consertando Fornos de MIcro-ondas Recentemente eu lancei uma versão atualizada de um livro sobre consertos de micro-ondas que publiquei em 1999. O livro atual  Ganhe Dinheiro Consertando Fornos de Micro-ondas  é todo...
Parte I - Diodos Os diodos semicondutores foram os primeiros componentes de “estado sólido” há aparecerem e iniciarem o processo de “aposentadoria” das válvulas. Mais tarde vieram os transistores. Lá pelos idos da década de 70 um diodo conhecido como BY127, fabricado pela Philips, teve os seus cinco minutos de fama e era “pau pra toda obra”. Um pouco depois começaram...
Parte VIII - Sinais digitais Nest post tecerei algumas considerações sobre sinais digitais e algumas nomenclaturas usadas nos manuais e data sheets. Abordarei também questões importantes para a reparação para as quais os técnicos devem ficar sempre atentos. Já sabemos que um sinal digital é composto por níveis lógicos que são os binários 1 e 0 e em eletrônica são conhecidos como...
Comecemos falando de ESR pela sigla Equivalent Serie Resistance, ou melhor, Resistência em Série Equivalente. Creio que eu fui um dos primeiros no Brasil a começar a tratar deste parâmetro dos capacitores, até então desconhecido por aqui, lá pelos idos de 2002, nos meus artigos no Jornal Ícone,...
A colocação incorreta das ponteiras em multímetro digital Recentemente um professor de física, meu amigo, me procurou aborrecido porque durante uma aula prática de eletricidade, por distração, havia queimado um multímetro digital Minipa modelo ET-1002 novinho.
Parte VI – As famílias lógicas Neste post vou abordar questões mais práticas da Eletrônica Digital, ou seja, aquilo que você irá encontrar nos circuitos que está reparando. Antes, porém cabem alguns comentários. Quando comecei esta série a intenção era dar apenas as noções básicas. Acontece que uma coisa puxa a outra e já estamos na parte VI. Daqui pra frente e por...
Parte V – Portas Lógicas – Conclusão & Resumo Encerrei a parte IV destes posts de introdução a Eletrônica Digital com a promessa de apresentar um circuito que represente a porta OU EXCLUSIVO (EXCLUSIVE OR). Então vamos a ele. Antes, porém façamos um breve comentário. Como já foi dito anteriormente esta função lógica não é muito comum na nossa comunicação no...
No final do post anterior apresentei a porta AND e sua respectiva tabela verdade. Uma das coisas interessantes da Eletrônica Digital e que, a meu ver, torna-a até mais fácil de estudá-la em comparação com a Eletrônica Linear é que, na maioria das vezes, não iremos trabalhar com componentes discretos como na porta AND feita com diodos. No primeiro momento talvez...
No final da parte II eu mencionei que neste post iríamos trabalhar com mais detalhes a álgebra de Boole apresentando as portas lógicas. Você talvez esteja querendo perguntar: - o que são “portas lógicas”? Este é um termo bastante usado na Eletrônica Digital que vem do inglês gate(leia-se gueitii) e significa, entre outras coisas, portão ou meio de acesso. Ainda no posts...
Resolvi escrever uma série de posts sobre introdução a Eletrônica Digital, principalmente, por causa de um comentário de um leitor em “Amplificadores digitais, ouvidos analógicos”. Vamos ao comentário do leitor Carlos: “Muito bom este artigo. Só uma dúvida, como é feita a modulação de analógico para digital, se analógico é senoidal e o digital, no caso, os pulsos são largos...