Qual é o substituto deste transistor?

Qual é o substituto deste transistor?

TransistoresResolvi escrever este post para tentar responder a uma pergunta que volta e meia me fazem: – qual é o substituto deste transistor?

Eu já escrevi alguns artigos aqui no blog dando as dicas de como se deve proceder para procurar um transistor ou diodo para substituição de uma “figurinha difícil”, mas parece que muita gente ainda não entendeu bem o que eu disse e então, vamos a alguns comentários.

Quando os semicondutores surgiram no mercado por volta do final dos anos 60 (aqui no Brasil) tínhamos um pequeno número de fabricantes e uma reduzidíssima oferta de tipos com características diferentes se compararmos aos dias atuais.

Naquela época os livros de “equivalência” faziam sucesso.

Quanto aos diodos, não tínhamos muito com que nos preocupar porque as fontes chaveadas ainda estavam em “estado embrionário” e, portanto nada de diodos fast e ultra fast.

E aí nos anos 90 veio o boom dos asiáticos entrando na fabricação de componentes eletrônicos.

Fabricar diodos, transistores sejam BJT ou Mosfets se tornou uma coisa tão corriqueira como fazer pastel (nisso os chineses são bons) e aí uma infinidade de fábricas surgiram cada uma com as suas nomenclaturas fabricando clones de um semicondutor de algum fabricante tradicional.

Tornou-se impossível preparar livros de equivalências. Nem o Google com seus sofisticados mecanismo de busca ainda conseguiu resolver isso.

E aí quando me perguntam qual o substituto deste ou daquele transistor ou diodo, creio que pensam que eu sou mais poderoso que o Google. Sinto-me lisonjeado, mas informo que meu cérebro é humano e tem limitações.

Na verdade a sugestão que tenho dado nos artigos que escrevi é que se deve procurar semicondutores com função similar e que são comercializados e a partir daí comparar os parâmetros através dos data sheets e concluir então, se existe uma possibilidade de substituição.

Digo possibilidade o que não é uma certeza, que fique bem claro.

Entretanto, para tal é preciso entender o significado dos parâmetros e é isto que tento explicar nos artigos, repito mais uma vez.

Esta é a função do técnico. Saber interpretar e não apenas trocar peças e ver se funciona.

Desculpem se alguém se sentiu ofendido, mas não adianta me fazer estes pedidos porque não tenho como responder.

Semicondutores não são tão simples como medicamentos que têm o princípio ativo e aí cada fabricante coloca um nome fantasia no seu. Seria bom se fosse assim, mas não é e nunca será.

Se alguém souber uma maneira melhor pode colocar nos comentários, todos ficaremos felizes

Até sempre

 

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Deixe seu comentário

  1. Avisa para o pessoal que as lâmpadas incandescentes estão proibidas de serem comercializadas e é bom ter algumas de reserva para serem usadas como lâmpada em série na hora da reparação de equipamentos.

  2. Grande Professor Paulo tenho muito há te agradecer por seus tutoriais. Meu primeiro contato com gravador de Epron ,foi através de um tutorial que voce escreveu há muitos anos atrás, Hoje já gravo Flash nand e outras,graças há voce fui me desenvolvendo.Um forte abraço e obrigado!