Montando o conversor DC-DC no AF-105

 Montando o conversor DC-DC no AF-105

Af 105Este post, onde vou tratar da montagem de um conversor DC-DC no AF-105, é um complemento do que publiquei em janeiro deste ano aqui no blog com o título de “Bateria de 22,5V – a solução definitiva”.

O circuito e os detalhes podem ser encontrados no post citado, uma novidade aqui é que apresento o desenho de uma plaquinha customizada que foi desenhada pelo meu amigo Prof. Max Durend.

 

 

O AF-105 é um multímetro bem compacto, diferentemente do SANWA 320X, o que exigiu que a PCI para a montagem tivesse o tamanho mais reduzido possível o que foi conseguido com a habilidade do Max para colocar todos os componentes numa placa 53×25 mm que você encontra aqui embaixo.

PCI do lado dos componentes

PCI do lado dos componentes

 Observe o retângulo vermelho que aparece na parte inferior esquerda no desenho que mostra os lados dos componentes.

Neste ponto foi necessário interromper a trilha para introduzir um mini trimpot de 10k a fim de permitir o ajuste preciso da tensão de saída em 22,5V.

PCI lado do cobre

PCI lado do cobre

Fora este pequeno “bug”, a montagem não trará maiores dificuldades. Eu optei por utilizar um soquete para o CI por precaução, caso um dia seja preciso trocá-lo.

Placa montada

Placa montada

A bateria de 9 volts foi colocado no local da bateria de 22,5V tendo sido necessário desbastar a base do gabinete com auxílio de um esmeril acoplado a uma mini furadeira, porque a bateria de 9V é um pouquinho “mais gorda” que a original de 22,5.

Colocação da bateria de 9V

Colocação da bateria de 9V

Placa colocada sobre um das pilhas

Placa colocada sobre um das pilhas

 

 

 

 

 

 

 

A PCI foi acomodada sobre uma das pilhas de 1,5 e também foi necessário remover alguns “obstáculos” no interior do gabinete como mostra a foto. Nada complicado.

Interior do gabinete

Valeu o trabalho. O lendário AF-105 voltou a vida e agora sem complicações com relação à substituição da bateria de 22,5V.

No caso do 320X eu optei por coloca uma chave para desligar a alimentação do conversor e aumentar a vida útil da bateria, entretanto no AF 105 eu optei por outra solução para esta chave liga/desliga que já será apresentada.

Antes que você pense que ao colocar a chave seletora na função OFF está desligando a bateria devo informa-lhe que isto não é verdade.

A posição OFF na verdade colocar em curto os terminais da bobina do galvanômetro para evitar que ela fique balançando durante o transporte.

Voltando a solução para a chave liga-desliga eu utilizei a chave original para inversão de polaridade após desabilitar esta função uma vez que ela passou a ter pouca utilidade.

Digo isto porque o maior interesse neste multímetro, nos dias de hoje é sua escala ôhmica Rx1000 para medir fugas de semicondutores.

Finalmente, resolvi colocar um LED para “lembrar” que o circuito está ligado, mas onde colocá-lo?

Furar o gabinete para isto seria muito arriscado. Depois de passar alguns minutos olhando painel, veio uma ideia.

Retirei o borne OUTPUT que pouca aplicação tem hoje em dia e instalei um LED de 5 mm no seu lugar.

Pronto, assim temos um AF-105 de volta à vida.

Técnico em eletrônica formado em 1968 pela Escola Técnica de Ciências Eletrônicas, professor de matemática formado pela UFF/CEDERJ com especialização em física. Atualmente aposentado atuando como técnico free lance em restauração de aparelhos antigos, escrevendo e-books e artigos técnicos e dando aula particular de matemática e física.

Deixe seu comentário

  1. Paulo muito interessante. Por coincidência também tenho o Sawwa 320 X e o AF 105, todos comprados no início dos anos 70 (No caso do AF 105 está na caixa original, inclusive). Quando você desenvolver o circuito em SMD não deixa de postar. Quanto as modificações vou faze-los nos aparelhos reservas pois nos principais são intocáveis (mania de hobbysta e colecionador). Quanto a bateria de 22,5 tenho usado uma NEDA 221 (505) ao invés de 215 (412A). A capacidade é menor – 60 mAh contra 180mAh, mas ainda se encontra por R$ 100,00 ( o formato é cilíndrico mas encaixa perfeitamente). Se alguém viajar para os EUA compra por R$ 36,00 e a original por R$ 81,00. Uma pergunta, conhece alguém no Rio que faz manutenção de galvanômetro? Em SP eu conheço mas custa caro o frete além do risco de dano no transporte. Abraço e parabéns.